XV Seminário Estadual debate rumo e perspectivas das Pastorais Sociais em Limeira (SP)

Equipe Comunicação Programa de Justiça Econômica

Assessorado pelo teólogo especialista em Comunidades Eclesiais de Base (CEBs), José Marins, agentes das pastorais sociais refletiram, debateram e planejaram a caminhada à luz do tema “Medellín ontem e hoje – novas perspectivas pastorais”.
Ao introduzir o tema sobre Medellín, Marins disse que a primeira fase da igreja era de grupos nas casas e não de templos. Na medida em que aumentavam os fiéis, formava-se um novo grupo em outra casa, reunindo o máximo de 40 pessoas.

Assim a igreja estava sempre no meio do povo sabendo de seus problemas e convivendo com as famílias. Afirmou, ainda, que as Pastorais Sociais têm este papel, ser a igreja da primeira fase, de grupos no meio do povo, convivendo, confortando e buscando, juntos, soluções para os problemas. Lembrou que na Conferência de Medellín, os bispos começaram falando dos gritos que ecoam do povo cada vez mais pobre por causa dos ricos cada vez mais ricos.

A coordenação do projeto Direitos Sociais e Saúde: Fortalecendo a Cidadania e a Incidência Política – executado ao longo de três anos com apoio da União Europeia e Cafod – agradeceu o apoio de Dom João Müller, bispo referencial das Pastorais Sociais, que abençoou a luta em defesa do Sistema Único de Saúde (SUS).

Por sua vez, padre Walter Junior, que vem acompanhando o projeto, reforçou o compromisso como assessor das Pastorais Sociais da CNBB Regional Sul 1, de estar a serviço das articulações e lutas que busquem a presença de Cristo da luta do povo. Para Luciane Udovic, do Grito dos/as Excluídos/as Continental e do Programa Justiça Econômica, estes momentos só mostram a força da unidade para traçar um caminho em busca da igualdade entre homens e mulheres, na defesa de seus direitos.

Deja una respuesta

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

Puedes usar estas etiquetas y atributos HTML:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>