Tenda Direitos Sociais e Saúde realiza Roda de Conversa com o presidente da Comissão de Saúde da Câmara de Natal, Fernando Lucena

A garantia de recursos para o SUS, o que a população pode fazer diante de tantas ameaças aos direitos sociais, terceirização na saúde, a questão dos planos privados. Estes foram alguns dos assuntos tratados durante a atividade. Para a assistente social e participante do projeto, Andrea Câmara, o atual governo está atacando os mais pobres eu momento é de mobilização. “Muitas pessoas dependem do SUS, mas muitas não sabem ainda o que está acontecendo. Essas conversas precisam ser feitas nos nossos bairros, nas escolas, nas comunidades. Não podemos desistir dessa luta. Não vamos desistir”, disse.

Fernando Lucena afirmou que mais do que nunca é preciso que o povo pressione seus parlamentares. “Que garantia temos que os recursos para o SUS, que já são poucos, vão chegar aonde devem neste governo? É nosso dever, como povo, como cidadão, que este direito seja garantido. Não podem simplesmente rasgar a Constituição”, falou.

Enquanto acontecia a roda de conversa, o Placar BenefiSUS, estava no ar, mostrando quantos procedimentos o Sistema Únicos de Saúde faz por segundo, dando, assim, a importância que este serviço tem para o povo brasileira. De acordo com o Placar, são 124 procedimentos por segundo.

O Projeto

O projeto Direitos Sociais e Saúde: Fortalecendo a Cidadania e a Incidência Política é cofinanciado pela União Europeia e tem apoio da CAFOD (Agência Católica para a Cooperação Internacional de Inglaterra e país de Gales). O projeto será implementado no Brasil nos próximos três anos por quatro entidades parceiras do Programa Justiça Econômica: Grito dos Excluídos Continental, as Pastorais Sociais da Conferência Nacional dos Bispos de Brasil (CNBB), a Comissão Brasileira de Justiça e Paz (CBJP) e a Pastoral da Saúde Nacional. Conta com a parceira da rede Jubileu Sul Brasil.

Para mais informações:coord.direitosesaude@gmail.com | Whatsapp: (85) 99619.2566 (Rogéria Araújo) | Facebook: Programa Justiça Econômica

“O conteúdo deste documento é da responsabilidade exclusiva do Programa Justiça Econômica, não podendo, em caso algum, considerar-se que reflete a posição da União Europeia”

Deja una respuesta

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

Puedes usar estas etiquetas y atributos HTML:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>