Direitos Sociais

http://direitosociais.org.br

Parceiros

CAFOD JubileoSul
Pastorais Sociais Grito de los Ecxluídos/as Commisao Barileira Pastoral Saudade

Com apoio da

UE

Parceiros do Programa de Justiça Econômica

GRITO DOS EXCLUIDOS/AS CONTINENTAL
O Grito dos Excluidos/as Continental é uma forma de expressão das lutas e aspirações dos movimentos sociais e organizações populares da América Latina e Caribe, baseada em uma metodologia que põe ênfase no protagonismo dos excluídos e excluídas na transformação profunda e real da sociedade, mediante mudanças que elimine as múltiplas causas da exclusão, da violência e a destruição da natureza que afetam milhões de pessoas dentro do capitalismo globalizado contemporâneo. No Brasil, atua articulado ao Programa Justiça Econômica, ao Grito Nacional Edição Brasil e ao CDHIC – Centro de Diretos Humanos e Cidadania dos Migrantes.
Ver mais informação no site www.gritodelosexcluidos.org

JUBILEU SUL
Jubileu Sul é uma rede conformada por organizações e movimentos sociais, entidades ambientalistas, ONG’s, associações de moradores, sindicatos, dentre outros, assim “autônomos” (pesquisadores ativistas vinculados a centros de pesquisas, envolvidos na assessoria a grupos locais). O objetivo de Jubileu Sul é lutar contra as dívidas externa e interna impostas de forma ilegítima aos povos, assim como pela superação do sistema capitalista mediante a construção de relações sociais e produtivas que respeitem a vida, a natureza e a diversidade cultural.
Ver mais informação no site: http://www.jubileusul.org.br/

COMISSÃO BRASILEIRA DE JUSTIÇA E PAZ
A Comissão Brasileira Justiça e Paz nasceu, no Brasil, como uma extensão da Comissão criada em Roma após o Concílio Vaticano II. Na Constituição Pastoral Gaudium et Spes, o Concílio indicou que julgava “muito oportuna a criação de um organismo da Igreja universal, com o fim de despertar a comunidade dos católicos para que promovam o progresso das regiões indigentes e a justiça social entre as nações”(*). Pouco mais de um ano depois (janeiro de 1967), Paulo VI criou a “Comissão Pontifícia Justiça e Paz”, com representantes de todos os continentes, na mesma mensagem em que criava o “Conselho dos Leigos”. E estabeleceu como função da Comissão Justiça e Paz o “estudo dos grandes problemas da justiça social, com vistas ao desenvolvimento das nações jovens e especialmente quanto à fome e à paz no mundo” – temas retomados pelo mesmo Papa, dois meses depois (março de 1967), na encíclica Populorum Progressio.
Ver mais informação no site: http://www.cbjp.org.br/

PASTORAIS SOCIAS/CNBB
A Pastoral Social tem como finalidade concretizar em ações sociais e específicas a solicitude da Igreja diante de situações reais de marginalização. São serviços específicos a categorias de pessoas e/ou situações também específicas da realidade social. Constituem ações voltadas concretamente para os diferentes grupos ou diferentes facetas da exclusão social, tais como a realidade do campo, da rua, do mundo do trabalho, da mobilidade humana etc. O Setor Pastoral Social, integra a dimensão sócio-transformadora, linha 6 da CNBB, tem duplo caráter: por um lado, representa uma referência para toda a ação social da Igreja, em termos de assessoria, elaboração de subsídios e reflexão teórica. Por outro lado, é um espaço de articulação das Pastorais Sociais e Organismos que desenvolvem ações específicas no campo sócio-político.

PASTORAL DA SAÚDE
A Pastoral da Saúde, é uma das Pastorais Sociais da CNBB e com organização cívico-religiosa, sem fins lucrativos, de atuação em âmbito nacional e de referencia internacional, comprometida em defender, preservar, cuidar, promover e celebrar a vida (ou seja,saúde plena) de todo o povo de Deus, independente de quaisquer fatores de exclusão social, inclusive do credo.Com dezenas de milhares de agentes por todo território nacional, esta pastoral atua em três dimensões: solidaria,comunitária e político-institucional.

A Pastoral da saúde tem , como objetivo geral, evangelhizar, com renovado ardor missionário, o mundo da saúde, á luz da opção preferencial pelos pobres e enfermos, participando da construção de uma sociedade justa e solidaria a serviço da vida.E o faz não somente em relação aos doentes, mas vê a saúde como um todo,sob o ponto de vista profissional, institucional e social, isto é, ela pretende também:

a) Criar e implantar um programa de Humanização do SUS, incluindo esta temática nos currículos de cursos universitários na área da saúde, no sentido de reforçar a intenção da valorização da qualidade no atendimento;
b) Promover seminários e congressos de Humanização que sensibilizem os profissionais de saúde, principalmente aqueles que trabalham na rede do SUS;
c) Instituir, na grade curricular de todos os cursos de graduação, no território nacional, a disciplina: CIDADANIA-DIREITOS E DEVERES;
d) Utilizar da ética no atendimento ao usuário do sistema, destacando a assiduidade no trabalho, a transparência no relacionamento interpessoal, a dignidade, o respeito e a agilidade em sua abordagem… Dentre outros objetivos.
Ver mais informação no site: http://pastoraldasaudenacional.com.br/

CAFOD
CAFOD é a agência oficial católica de ajuda de Inglaterra e Gales.
Trabalhamos com parceiros ao redor do mundo, onde seja que a necessidade é grande, para levar esperança, compaixão e solidariedade às comunidades pobres, lado a lado com elas para acabar com a pobreza e a injustiça. Trabalhamos com pessoas de todas as crenças e com aquelas que não professam uma fé em particular.
Trabalhamos com mais de 500 parceiros no mundo e com parceiros no Reino Unido, todos trabalhando para a redução da pobreza. Inspirados pelas Sagradas Escrituras e pela Doutrina Social Católica, assim como pelas experiências e esperanças das pessoas que vivem em pobreza, CAFOD trabalha por um mundo seguro, sustentável e em paz.
Ver mais informação no site: http://www.cafod.org.uk