Natal | Em Audiência, comunidade e poder público discutem construção e reformas de UBS no bairro Nossa Senhora da Apresentação

Rogéria Araujo

A iniciativa contou com a parceria da Pastoral da Saúde da Arquidiocese de Natal e de lideranças comunitárias do bairro. Estiveram presentes vereadores e representantes da Secretaria Municipal de Saúde de Natal, moradores do bairro Nossa Senhora da Apresentação, além de participantes do projeto de outros bairros da Zona Norte. O resultado da Audiência foi uma carta de compromisso que servirá de documento norteador para que a população do bairro possa cobrar o que foi acordado em plenária.

Entre os compromissos assumidos na carta, estão: inclusão no orçamento de 2107 de recursos para as reformas e construção da UBS; voltar o pleno atendimento da Comunidade da Planície das Mangueiras num prazo de 15 dias, provisoriamente com contêineres até a conclusão da UBS; intervenção da Comissão de Saúde da Câmara Municipal em favor da retomada e conclusão das obras; a comunidade formará comissões para participar de reuniões com o Ministério Público do Estado do Rio Grande do Norte, com a Comissão de Saúde da Câmara de Vereadores, a fim de acompanhar e fiscalizar todo o processo.

Francisca das Chagas, moradora do bairro e moderadora da mesa da Audiência, explicou a necessidade de equipamentos de saúde é uma demanda antiga da população do local e que, por isso, uma Audiência deste porte é fundamental para que as pessoas tenham um caminho para cobrar seus direitos. “Nosso bairro é totalmente carente. Além de não termos uma Unidade Básica de Saúde, as Unidades de Estratégia de Saúde de Família estão em reforma e estas reformas estão paralisadas. Por isso, resolvemos nos unir e chamar esta audiência. Estamos falando de um bairro com 80 mil pessoas que são descobertas quando o assunto é saúde”, afirmou Chaguinha.

O projeto Direitos Sociais e Saúde: Fortalecendo a Cidadania e a Incidência Política é cofinanciado pela União Europeia, com apoio da Agência Católica de Cooperação Internacional da Inglaterra e País de Gales. É executado pelo Programa Justiça Econômica, do qual fazem parte o Grito dos/as Excluídos/as Continental, Pastoral da Saúde, Pastorais Sociais da Comissão Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), Comissão Brasileira da Justiça e da Paz (CNJP), com parceria da rede Jubileu Sul Brasil.

Coordenação local: Nilton Minora: 84.99131.3368
Imprensa: Rogeria Araujo: 85.99813.4966 | comunica.direitosesaude@gmail.com

“O conteúdo deste documento é da responsabilidade exclusiva do Programa Justiça Econômica, não podendo, em caso algum, considerar-se que reflete a posição da União Europeia”

Deja una respuesta

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

Puedes usar estas etiquetas y atributos HTML:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>