Grajaú – Participantes do projeto vão articular um Fórum de Saúde da Capela do Socorro

Equipe Comunicação Programa de Justiça Econômica

Este primeiro módulo aconteceu no Centro de Educação Unificado (CEU) Navegantes e contou com a assessoria do professor José Gimenes; do coordenador da Pastoral da Saúde de São Paulo e assessor político do projeto, Sebastião Venâncio; e do coordenador local, Seiti Takahama. Na ocasião, os alunos e alunos falaram sobre os principais problemas que afetam o Cantinho do Céu, registrando também os avanços – como a instalação de uma Unidade Básica de Saúde (UBS) provisória – e o que ainda há de se conquistar, como a UBS permanente.

Com o debate em curso, foi-se identificando a necessidade de se criar um canal para que mais pessoas pudessem participar e somar força para promover mudanças qualitativas no bairro. Daí surgiu a ideia de realizar um Fórum Municipal de Saúde, que tem data prevista para o dia 11 de dezembro, no CEU Vila Rubi.

De acordo com o coordenador local do Grajaú, Seiti Takahama, a formação teve por objetivo principal integrar a comunidade na identificação das deficiências nos serviços de saúde oferecidos no bairro, no sentido de apontar soluções para os problemas que identificados. “Através de oficinas e apresentação dos resultados das equipes de trabalho, os grupos manifestaram a vontade de realizar o Fórum”, destacou.

Segundo Takahama, espera-se propiciar um Fórum de divulgação de conhecimentos locais relacionados às questões que envolvem Projetos de Leis, Saúde e Orçamento, o que promoverá a discussão, de modo a contribuir para a efetivação de políticas públicas com impacto econômico, e social, para os atores e comunidades que estão diretamente envolvidos no enfrentamento de problemas.

O projeto

O projeto Direitos Sociais e Saúde: Fortalecendo a Cidadania e a Incidência Política é cofinanciado pela União Europeia e tem apoio da Agência Católica de Cooperação Internacional da Inglaterra e país de Gales (CAFOD). É executado pelo Programa Justiça Econômica, do qual fazem parte o Grito dos Excluídos Continental, as Pastorais Sociais da CNBB, Pastoral da Saúde e Comissão Brasileira da Justiça e da Paz (CBJP). Conta, ainda, com parceria da rede Jubileu Sul Brasil.

Assessoria de Comunicação do projeto
Rogéria Araujo – 85.99169.2566 (WhatsApp) | (11) 95951.7068
e-mail:comunica.direitosesaude@gmail.com

“O conteúdo deste documento é da responsabilidade exclusiva do Programa Justiça Econômica, não podendo, em caso algum, considerar-se que reflete a posição da União Europeia”

Deja una respuesta

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

Puedes usar estas etiquetas y atributos HTML:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>