Direitos Sociais

http://direitosociais.org.br

Parceiros

CAFOD JubileoSul
Pastorais Sociais Grito de los Ecxluídos/as Commisao Barileira Pastoral Saudade

Com apoio da

UE

Projeto Direitos Sociais e Saúde participa da I Conferência Nacional de Vigilância em Saúde

Começa amanhã, dia 27, em Brasília, a I Conferência Nacional de Vigilância em Saúde, que definirá ações de políticas públicas e demandas para a área. O projeto Direitos Sociais e Saúde: Fortalecendo a Cidadania e a Incidência Política está representado, como delegado, através de José Garrido, agente da Pastoral da Saúde de Natal, e cursista do projeto.

A conferência contará com 140 delegados nacionais, 1354 delegados eleitos em todas as etapas estaduais, 39 participantes livres e 178 convidados. Ela foi precedida por conferências realizadas em todos os estados e Distrito Federal, além de diversas conferências municipais e macrorregionais e 32 conferências livres.

“Essa conferência é muito importante porque é por ela que passam informações que muitas pessoas não têm sobre a questão da vigilância. Como conselheiro, eu vejo que este assunto é muito amplo e espero participar o máximo possível para repassar adiante”, falou José Garrido.

Na programação, que vai até o dia 2 de março com a Plenária Final, estão trabalhos de grupos e três painéis, onde a vigilância dialoga com eixos estruturantes como desafios e conquistas, o papel da vigilância no Sistema Único de Saúde, e a responsabilidade do Estado para com os temas da vigilância.

“Espero que as propostas finais vão na linha das reivindicações e demandas para a melhoria dos usuários. Indo para o caminho das políticas públicas é importante que nós, população, sociedade civil, acompanhemos o que está acontecendo, sobretudo o que sairá na plenária final”, disse.

*O projeto *

O projeto Direitos Sociais e Saúde: Fortalecendo a Cidadania e a Incidência Política é cofinanciado pela União Europeia e tem apoio da Agência Católica de Desenvolvimento da Inglaterra e País de Gales (Cafod). É executado pelo Programa Justiça Econômica, do qual fazem parte o Grito dos/as Excluídos/as Continental, Pastoral Social, Pastoral da Saúde, Comissão Brasileira de Justiça e Paz, contando com o apoio da rede Jubileu Sul Brasil. O principal propósito deste projeto é, através de formação e incidência política, garantir melhor acesso e informação sobre o sistema de saúde pública do Brasil para populações vulneráveis.

Para mais informações:
Rogéria Araujo (85) 99619.2566 (Whats)
www.direitosociais.org.br | Facebook: Programa Justiça Econômica

Última modificação: 18 de Abril de 2018 às 14:47
Tem 0 comentários
captcha
Quero ser notificado por e-mail quando há novos comentários.