Direitos Sociais

http://direitosociais.org.br

Parceiros

CAFOD JubileoSul
Pastorais Sociais Grito de los Ecxluídos/as Commisao Barileira Pastoral Saudade

Com apoio da

UE

Grajaú - Seminário sobre Metodologia Participativa e Certificação marcam encerramento do Curso Básico em Saúde no Cantinho do Céu

Há quase três anos, o projeto Direitos Sociais e Saúde: Fortalecendo a Cidadania e a Incidência Política tinha início no Cantinho do Céu, no Grajaú, Zona Sul de São Paulo. Para celebrar este encerramento, será realizado um seminário sobre Metodologia Participativa juntamente com a solenidade de entrega de certificados para os cursistas que fizeram participaram do Curso Básico em Saúde. A atividade acontecerá no próximo dia 5 de Maio, das 9h às 17h, no Sindicato dos Bancários (Rua São Bento, 413, Centro).

A proposta da Metodologia Participativa, que será assessorada pelo pedagogo Cesar Augusto Paro, é tornar as atividades mais dinâmicas, deixando as pessoas mais à vontade, obtendo um resultado mais produtivo. Logo em seguida, terá início a entrega dos certificados para os cursistas que – ao longo de um ano – se debruçaram sobre os mais variados assuntos ligados à área da saúde pública.

Para Luiz Bassegio, coordenador nacional do projeto, trata-se de um momento especial, pois é um ciclo que se encerra, mas que marca o início de outro, com os/as participantes mais informados sobre determinados assuntos, conselheiros mais preparados, usuários e usuárias conhecedores/as de seus direitos.

“O objetivo do projeto é empoderar a população mais vulnerável sobre os temas que envolvem a saúde pública, o Sistema Único de Saúde. Levando sempre em consideração que saúde não pode ser tratada como mercadoria e sim como um direito básico do povo brasileiro. Assim, cumprimos nosso objetivo e temos certeza que isto será passado para frente”, afirmou Bassegio.

Seiti Takahama, coordenador local do projeto no Grajaú, complementa afirmando que assuntos que são determinantes para a população também foram assimilados durante a execução do projeto. “Como exemplo, temos o envolvimento dos moradores, usuários ou conselheiros, na elaboração de propostas para o Plano Plurianual (PPA), sobretudo com propostas na área da saúde”, falou.

Financiamento do SUS, o papel do conselheiro de saúde, o valor da participação popular para o exercício do controle social, direitos humanos e seguridade social, além de palestras diversas, fizeram parte do bloco de formação do Curso Básico em Saúde.

O projeto tem cofinanciamento da União Europeia e apoio da Agência Católica para o Desenvolvido da Inglaterra e País de Gales (Cafod). No Brasil, é executado no Grajaú, São Bernardo do Campo (São Paulo) e Natal (Rio Grande do Norte) pelo Programa Justiça Econômica, do qual fazem parte o Grito dos/as Excluídos/as Continental, Pastoral da Saúde, Comissão Brasileira Justiça e Paz, Pastorais Sociais e rede Jubileu Sul Brasil.

O conteúdo deste material é de responsabilidade exclusiva do Programa Justiça Econômica não podendo, em caso algum, dizer que representa a opinião da União Europeia.

Última modificação: 2 de Maio de 2018 às 11:41
Tem 0 comentários
captcha
Quero ser notificado por e-mail quando há novos comentários.