Direitos Sociais

http://direitosociais.org.br

Parceiros

CAFOD JubileoSul
Pastorais Sociais Grito de los Ecxluídos/as Commisao Barileira Pastoral Saudade

Com apoio da

UE

Grajaú - Artesãs do projeto Direitos Sociais e Saúde contarão suas histórias através de técnica chilena Arpilleras

Arpilleras, o tradicional bordado de origem chilena, onde tecidos e costuras vão dando formas a desenhos aplicados em juta, será a técnica utilizada na oficina onde as mulheres do Cantinho do Céu vão contar suas histórias. Esta é a proposta da oficina que o projeto Direitos Sociais e Saúde: Fortalecendo a Cidadania e a Incidência Política realizará com apoio do Movimento de Atingidos/as por Barragens (MAB), que há alguns anos vem atuando com a iniciativa “Arpilleras: Bordando a Resistência”.

A oficina, que acontecerá nos dias 1 e 2 de março, das 14h às 17h, na paróquia São Carlos Borromeu (rua Francisco Solano, 50), no Cantinho do Céu, Grajaú, Zona Sul de São Paulo. A participação é gratuita e a orientação é que as participantes levem linhas, agulhas, retalhos, tesouras, tecidos, adereços e o que a imaginação permitir.

As mulheres que vão participar da oficina fazem parte do grupo de artesanato Amor e Arte, fruto do projeto Direitos Sociais e Saúde, que vem obtendo bons resultados: muitas mulheres com quadro de depressão ou que não podiam trabalhar por diversos motivos passaram a fazer parte do grupo e mudaram o estilo de vida.

“Quando o projeto começou, algumas mulheres já faziam artesanato. Então, resolvemos criar um grupo e hoje o ‘Amor e Arte’ já é uma referência e tem tudo a ver com a questão da saúde porque estamos vendo como o artesanato está trazendo felicidade para a vida dessas mulheres”, falou Marisa Aparecida, uma das coordenadoras do grupo.

De acordo com Marisa, esta iniciativa com o Movimento de Atingidos/as por Barragens tem o objetivo de resgatar a dignidade, aumentar a autoestima das mulheres e trabalhar em coletivo em prol de um bem comum. “Trata-se de uma experiência muito forte, onde vamos poder estampar nossas histórias”, disse.

O projeto Direitos Sociais e Saúde: Fortalecendo a Cidadania e a Incidência Política é executado pelo Programa Justiça Econômica. Com apoio da Agência Católica para o Desenvolvimento da Inglaterra e País de Gales (Cafod) é realizado nas localidades do Grajaú (SP), São Bernardo do Campo (SP) e Natal (Rio Grande do Norte).

O conteúdo desta postagem é de responsabilidade exclusiva do Programa Justiça Econômica não podendo, em caso algum, dizer que representa a opinião da União Europeia.

Última modificação: 18 de Abril de 2018 às 14:44
Tem 0 comentários
captcha
Quero ser notificado por e-mail quando há novos comentários.